Coleta seletiva

Separar para reciclar

Coleta seletiva de lixo é um sistema de recolhimento de materiais recicláveis, tais como papéis, plásticos, vidros, metais e orgânicos, previamente separados na fonte geradora. Depois de recolhidos, esses materiais passam por uma triagem (separação por cores, tipos, tamanhos, etc.), lavagem, secagem, prensagem, moagem e enfardamento. Em seguida são vendidos às indústrias recicladoras.

A coleta seletiva, ação tão valorizada nos últimos tempos, sempre foi a especialidade dos catadores de papel, profissionais da reciclagem. Entre os benefícios que ela traz à sociedade, estão não apenas a diminuição da quantidade de lixo a ser aterrado, mas também a preservação dos recursos naturais, a economia de energia e diminuição da poluição do ar e das águas.

Projeto Coleta Seletiva e Cidadania é um movimento de sensibilização e conscientização dos moradores e trabalhadores das regiões de Pinheiros, Perdizes, Vila Madalena e Jardins em torno da questão da coleta seletiva. A COOPAMARE quer discutir com você, cidadão, uma maneira de organizar a coleta seletiva de resíduos sólidos.

Os objetivos gerais do projeto são:

  • Prestar serviços a estabelecimentos comerciais, bancários e industriais.
  • Colaborar com a limpeza pública.
  • Promover a educação ambiental junto às escolas e à população.
  • Coletar materiais recicláveis para a geração de emprego e renda.
  • Desenvolver a organização e o profissionalismo do catador de papel.
  • Estimular o exercício da cidadania.

Como o projeto se propõe a trabalhar pela comunidade

  • Os serviços prestados pela Coopamare aos estabelecimentos comerciais, instituições bancárias, bares e restaurantes serão gratuitos.
  • Os materiais recicláveis recolhidos serão, sempre que possível, comercializados diretamente com as respectivas indústrias.
  • As operações de coleta terão caráter cíclico e permanente, e serão operadas por cooperados credenciados e identificados.
  • O programa estabelecerá amplo mecanismo de comunicação e formas adequadas de identificação visual, visando facilitar sua aceitação e apoio pela sociedade.

Materiais coletados: papel, papelão, vidro, plástico (PET), jornal, alumínio e ferro.

O que não se deve separar para a coleta: pilhas e baterias, pneus, lâmpadas, embalagens contaminadas, madeiras, isopor, orgânico.

Se você quer implantar a coleta seletiva, na sua residência ou local de trabalho, procure a Coopamare para estabelecer uma parceria, criar este movimento conjunto e planejar a campanha e a retirada dos materiais recicláveis.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: